Gestão de saúde e segurança ocupacional para sua empresa

por | nov 1, 2021

Entenda a importância da gestão de saúde e segurança ocupacional para sua empresa

Cada vez mais, as organizações e as empresas se mostram preocupadas em desenvolver um ambiente de trabalho pautado no cumprimento, na segurança e no cuidado com a saúde dos colaboradores. 

Hoje em dia, garantir a saúde dos trabalhadores se torna um grande desafio, pois é necessário oferecer melhores condições de trabalho, além de reduzir os riscos de acidentes e de doenças relacionadas à função ou ao setor do ambiente laboral.

Nesse sentido, à medida que as empresas crescem, surge a urgência de inserir a gestão ocupacional para conseguir lidar com algumas questões obrigatórias, aumentar os resultados e integrar práticas assistenciais, como controle de exames ocupacionais, admissionais e demissionais, e melhoria da saúde ocupacional.

Nesse sentido, a Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional consiste em uma especialidade que estuda todo o impacto que o ambiente de trabalho causa diretamente na saúde dos funcionários. 

Por isso, se você deseja proporcionar mais qualidade de vida e melhoria nos resultados de produtividade, precisa aprender tudo sobre a gestão de saúde e segurança ocupacional para aprimorar o desempenho geral da equipe. Acompanhe a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que é gestão ocupacional?

A gestão ocupacional anda lado a lado com a medicina do trabalho. Na verdade, são duas abordagens que propõem maneiras de conseguir identificar e mapear as situações que podem oferecer algum tipo de risco aos trabalhadores. 

A importância da gestão ocupacional é incontestável, pois o ambiente de trabalho pode interferir negativamente na saúde da equipe, assim, é preciso evitar qualquer situação que represente perigo às pessoas.

Para desenvolver meios de prevenção, a gestão ocupacional precisa identificar as atividades e os lugares que oferecem riscos ao colaborador. Somente assim, pode-se conseguir diminuir os efeitos dessas ameaças, seja por meio de EPI, equipamento de proteção individual, ou por meio de um investimento massivo em treinamentos.

Para implementar uma gestão de saúde e segurança ocupacional, é essencial contar com um profissional capacitado, como o médico do trabalho. Com tal profissional, será possível dispor de indicações específicas para realizar a gestão de maneira eficiente, além de propiciar um acompanhamento mais assíduo quanto à qualidade de vida e à produtividade dos trabalhadores. Para tanto, serão efetuadas algumas ações, como, por exemplo, checagem do histórico de saúde e da propensão ao desenvolvimento de doenças.

O que é saúde ocupacional?

A saúde ocupacional não é apenas um ramo da medicina, mas, também, um setor obrigatório dentro das empresas. Trata-se de um conjunto de regras e procedimentos direcionados à redução dos riscos provenientes das ocupações laborais.

A gestão de saúde e a segurança ocupacional atuam, principalmente, na prevenção de doenças e de problemas decorrentes das atividades relacionadas ao trabalho, sejam eles físicos ou mentais.

Para a saúde ocupacional conseguir desenvolver melhorias nas condições de trabalho, é preciso fiscalizar as empresas por meio de programas de prevenção de riscos ambientais (PPRA), ou por meio do programa de controle médico de saúde ocupacional (PCMSO),  além de ser obrigatório o seguimento das normas regulamentadoras (NRs) para, assim, propiciar a sanidade e a qualidade de vida do trabalhador.

Também é imprescindível integrar práticas de realização de exames periódicos para identificar se há algum impacto, devido à função exercida, que atinja a vida do colaborador. Sendo assim, a saúde ocupacional tem o objetivo de promover o bem-estar e qualidade de vida, por isso, esse ramo foca na promoção de certas condições salutares, tais como alimentação saudável e infraestrutura, por exemplo.

Por que investir em Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional?

Gestão terceirizada

A  importância da gestão ocupacional é inegável, pois, mesmo com as normas obrigatórias para garantir bem-estar e qualidade de vida aos funcionários, ainda hoje, existem muitos empreendedores que investem nesse quesito. Consequentemente, os funcionários que não são cuidados pela própria empresa estão mais propensos a acidentes e a doenças ocupacionais.

Por isso, surge a essencialidade de ter uma empresa especializada, como a SAOC Saúde Ocupacional, para, assim, conseguir desenvolver uma gestão terceirizada e executar o cumprimento de todas as normas. Além disso, com a contratação de uma empresa séria de saúde ocupacional, pode-se organizar e implementar um sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional adequado para a empresa conforme suas necessidades.

Aumento de produtividade e corrige irregularidade

A gestão de saúde e segurança ocupacional também busca implementar o aumento da produtividade. De fato, o trabalhador se sentirá valorizado e, consequentemente, os gastos advindos de afastamentos por conta de acidentes e doenças diminuirão.

Outro fator que comprova a importância da gestão ocupacional é que, com ela, consegue-se identificar e mitigar qualquer margem de erro. Dessa forma, os riscos são reduzidos e há a implementação de medidas corretivas contra irregularidades.

Profissionais qualificados

A SAOC Saúde Ocupacional é uma empresa que possui conhecimento específico e se posiciona de forma bastante diferenciada no mercado. Dispomos de profissionais com alta capacitação técnica para te ajudar a desenvolver programas de prevenção de danos à empresa e ao funcionário. 

Nossa equipe, além disso, é multidisciplinar. Existem diversas normas obrigatórias a respeito de Saúde e Segurança do Trabalho que toda empresa deve seguir. Para realizar uma gestão de SST, deve-se ter um conhecimento profundo sobre essas questões, evitando-se multas e prejuízos. Por isso, é muito importante realizar a gestão de SST com uma equipe multidisciplinar

Elimina as causas de acidentes

A gestão de saúde e segurança ocupacional é importante, pois ajuda na prevenção de acidentes, principalmente, aqueles que dependem da conduta dos trabalhadores e envolvem cortes, quedas e queimaduras. Para tanto, é preciso oferecer um treinamento correto aos colaboradores, a fim de que eles saibam a imprescindibilidade de utilizar corretamente os equipamentos de segurança.

Reduz os valores de recolhimento

Outro ponto relativo à importância da gestão ocupacional é que, ao investir em segurança, consequentemente, reduzem-se os valores de recolhimento do seguro acidente de trabalho, mais conhecido como SAT. Decerto, quando ocorrem acidentes de trabalho, as empresas precisam pagar mais impostos a depender do fator do acidente.

Oferecer mais qualidade de vida aos funcionários

Por fim, a gestão de saúde e segurança ocupacional tem a finalidade de melhorar a qualidade de vida dos colaboradores da empresa. Vale ressaltar que, ao reduzir os riscos a partir das ações implementadas, os funcionários se sentem mais seguros, o que se reflete no aumento da produtividade.

Você deseja melhorar a gestão ocupacional da sua empresa? Entre em contato conosco, da SAOC Saúde Ocupacional! Nosso objetivo é desenvolver medidas preventivas para manter a sua empresa segura.